Como fazer uma carta de correção

Carta de correção: Objetivo e Emissão

A carta de correção eletrônica (CC-e) assim como a carta de correção manual, é usada para corrigir erros que foram cometidos na elaboração da NF-e. A carta de correção pode ser transmitida até 720 horas - ou 30 dias - a partir da autorização de uso da NF-e objeto da correção e a mesma só pode ser transmitida para uma NF-e autorizada, ou seja, não é possível corrigir uma NF-e cancelada. 


O que pode ser corrigido pela carta de correção de NF-e: 

  • CFOP: desde que não mude a natureza dos impostos
  • Descrição da mercadoria
  • Dados do transportador
  • Códigos fiscais: desde que não altere valores fiscais
  • Data da emissão ou de saída: desde que não altere o período de apuração do ICMS
  • Peso, volume, acondicionamento
  • Dados do transportador
  • Razão social ou nome do destinatário: desde que não altere por completo, sejam apenas correções de digitação, por exemplo 
  • Omissão ou erro na fundamentação legal que amparou a saída com algum benefício fiscal ou operação que contemple a sua necessidade

O que não pode ser corrigido pela carta de correção de NF-e: 

  • Data de emissão
  • Valores fiscais
  • Destaque de impostos
  • Descrição da mercadoria que altere a alíquota do imposto
  • Mudança completa do nome do emitente ou destinatário
  • Mudança do endereço do destinatário
  • Qualquer outra alteração de dados que modifiquem o total da nota ou o valor do imposto
  • Qualquer outra alteração que alterem o cálculo ou a operação do imposto


Como emitir uma carta de correção através do Nibo? 

Para emitir a sua CC-e, é só ir em Produtos > Painel NF-e e ir nas opções de uma NF-e aceita (seta ao lado do botão da DANFE). Irá abrir uma página para você realizar uma nova carta de correção. 


Uma NF-e pode ter até 20 cartas de correções. Entretanto, quando houver mais de uma CC-e para uma mesma nota, todas as informações retificadas anteriormente deverão ser consolidadas na última CC-e realizada.